Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.8/3321
Título: Estratégias no enfrentamento da crise hídrica a partir da avaliação do comportamento de consumidores brasileiros e portugueses
Autor: Côrtes, Pedro Luiz
Dias, A. G.
Fernandes, Maria Eduarda
Pereira, I. C. C.
Barbosa, T. S.
Palavras-chave: Estratégia ambiental
Crise hídrica
Consumo de água
Data: 2015
Resumo: Esta pesquisa, empreendida sob a forma de um survey, foi desenvolvida com o objetivo de verificar qual o comportamento ambiental de consumidores brasileiros e portugueses em relação à água disponibilizada pelas redes públicas de abastecimento. A justificativa do estudo dá-se em razão da crise hídrica enfrentada pela Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), buscando elementos para melhor caracterizar esse comportamento do ponto de vista ambiental. Isso permitirá a concepção de estratégias de enfrentamento da crise, tendo em perspectiva o comportamento dos consumidores. Isso foi feito a partir da comparação entre grupos com semelhanças culturais e históricas e que enfrentam realidades hídricas distintas. Após levantamento bibliográfico específico, incluindo o estabelecimento de um panorama sobre o abastecimento de água na RMSP, foi desenvolvido um questionário com 36 assertivas e utilizada uma escala do tipo Likert. O instrumento de pesquisa foi aplicado a 278 estudantes de graduação no Brasil (Região Metropolitana de São Paulo) e em 223 estudantes em Portugal (Região Metropolitana do Porto), num total de 501 entrevistados. O tratamento estatístico escolhido foi a análise fatorial exploratória, buscando validar a escala construída, sendo complementada por outras estratégias analíticas. Verificou-se que, em relação às práticas de economia de água, há similaridades entre portugueses e brasileiros, embora as motivações sejam distintas. Para os portugueses há um componente ambiental significativo, com a economia decorrendo de uma atitude ambiental mais pronunciada. Os brasileiros, por sua vez, economizam água mais por razões econômicas ligadas à escassez de um insumo do que por motivações de ordem ambiental.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.8/3321
Aparece nas colecções:CARME - Comunicações em conferências com publicação em atas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ESO2029_artigo ANPAD 2015.pdf893,52 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.