Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.8/2558
Título: Gestão de stocks e encomendas no retalho de medicamentos
Autor: Fetal, Pedro Gomes
Orientador: Vieira, Carlos Manuel da Costa
Orfão, Nuno Manuel Rosa dos Santos
Palavras-chave: Gestão de stock
Indústria farmacêutica
Previsão
Lot-sizin
Modelos matemáticos
Data de Defesa: 3-Nov-2015
Resumo: Nos últimos anos o agravamento da crise económica convergiu profundas alterações o setor farmacêutico, assistindo-se por isso a uma transferência de inventário das farmácias para os distribuidores, passando estes também a desempenhar a função de armazenistas. Estas preocupações manifestaram-se noutros setores de atividade em primeiro lugar, tendo algumas soluções sido inspiradas para a resolução de problemas no setor farmacêutico. Este trabalho de dissertação visa desenvolver ferramentas com conhecimento técnico na avaliação de melhores soluções de um caso real. Estas ferramentas centram-se em primeiro lugar no processo de previsão na procura e, posteriormente, de forma complementar, um estudo de heurísticas matemáticas no contexto retalhista farmacêutico. Tendo por base alguns trabalhos desenvolvidos neste âmbito pretende-se desenvolver ferramentas e retirar conclusões orientadoras na gestão e planeamento estratégico da indústria farmacêutica. O objetivo global do trabalho passa por comparar diferentes modelos matemáticos com os dados reais e retirar algumas conclusões sobre a qualidade da previsão de procura, e comportamento das heurísticas de cálculo de encomendas. Em duas partes distintas, validar-se-á métodos de matemáticos que possam ser usados na previsão, e com os mesmos dados da procura cálculos de quantidades de encomenda reais para os mesmos períodos. Em ambos os casos serão sempre sempre feitas comparações com a realidade e retiradas conclusões. As principais elações retiradas de um trabalho no âmbito da gestão de inventários ilustram uma área pouco criteriosa e rudimentar em termos práticos, mesmo em setores de atividade avançados e menos prováveis como é o farmacêutico. No caso de estudo deste trabalho em concreto, a gestão destes bens é muito condicionada pela interpretação do operador e intuição de vendas do gestor. Nestas condições existe, ainda antes de implementar novas filosofias de trabalho e gestão, algum trabalho de sensibilização e preparação do trabalho. Este trabalho preliminar permite uma menor resistência ao processo: organização de dados concretos e necessários aos modelos; sensibilização da necessidade de otimização nos trabalhadores. Nas questões técnicas das previsões existe inúmeros fatores na escolha das mesmas: universo temporal, dados disponíveis e características dos produtos entre outros, por exemplo. Contudo o tempo disponível e disponibilidade financeira para realizar as mesmas não devem ser menosprezados. As previsões diárias proporcionam um menor erro quando comparadas com as previsões periódicas. Contudo, a complexidade e morosidade das primeiras é bastante mais acentuada, podendo não compensar o seu menor erro (previsão-procura). Na avaliação em Lot-sizing as características dos medicamentos (procura e preço) condicionam os inputs. Estas variações de inputs podem tornar as respostas das heurísticas um pouco imprevisíveis, tendo por referência a referência bibliográfica. De forma concreta foi possível avaliar neste trabalho prático a heurística Wagner-Within com os melhores resultados, mas obtendo alguns resultados não tão favoráveis. Estes fatores já podem ser encontrados na literatura anteriormente: procura pouco intensa e stock inicial diferente de zero. Para além disso foi possível verificar que um custo demasiado baixo (custo de posse, neste caso) pode criar alguns problemas de sensibilidade nos ciclos/períodos de cálculo. As restantes heurísticas oscilaram com os inputs introduzidos, sendo as heurísticas CMT e QEP com comportamentos bastante bons, comparativamente.
URI: http://hdl.handle.net/10400.8/2558
Designação: Mestrado em Engenharia Mecânica - Produção Industrial
Aparece nas colecções:Mestrado em Engenharia Mecânica - Produção Industrial

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Formato IPL- gestão de stocks _versão oficial.pdf3,77 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.