Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.8/3629
Título: Assessment of metal contamination levels and stress responses of São Tomé and Principe sea turtles
Autor: Morão, Inês Filipa Cigarro
Orientador: Lemos, Marco Filipe Loureiro
Novais, Sara Calçada
Palavras-chave: Expressão genética
Metais
Poluição Oceânica
Tartarugas marinhas
Stress Oxidativo
Data de Defesa: 30-Out-2018
Resumo: A ilha de São Tomé é uma importante área de nidificação e alimentação para quatro das sete espécies de tartarugas marinhas existentes no mundo. As tartarugas marinhas são classificadas como espécies ameaçadas (lista vermelha da IUCN) e sabe-se que as tartarugas marinhas estão sujeitas a muitas outras ameaças, nomeadamente a poluição oceânica. São poucos os estudos que têm sido desenvolvidos para avaliar como estas espécies interagem com o meio ambiente e como a poluição as afeta. O objetivo principal deste estudo foi avaliar as concentrações de metais acumulados na espécie Chelonia mydas e os impactos que estes contaminantes terão sobre as respostas de stress e inferir sobre o seu estado de saúde. De modo a alcançar estes objetivos, uma técnica menos invasiva foi efetuada, sendo recolhido sangue de fêmeas nidificantes, durante a desova, em locais de desova bem documentados em São Tomé. Amostras de sangue foram retiradas do seio cervical dorsal e uma porção foi armazenada em tubos contendo EDTA a -20ºC até a análise das concentrações de metais, e outra parte foi armazenada em RNAlater a -20 ° C até extração de RNA e análise de expressão genética usando PCR quantitativo em tempo real (qPCR). Também foram preparados esfregaços com o sangue das tartarugas e os danos no ADN foram avaliados através da observação de micronúcleos ao microscópio. Os resultados demostraram correlações significativas entre a expressão de alguns genes e os níveis de metais contaminantes, apontando alguns genes candidatos para serem usados como biomarcadores de interesse. Este estudo representa o primeiro esforço de abordar os níveis de poluentes e os danos biológicos de tais contaminantes nesta espécie de tartaruga que desova em São Tomé, contribuindo com informação relevante para ser usada em programas de biomonitorização para a conservação desta espécies ameaçadas.
URI: http://hdl.handle.net/10400.8/3629
Designação: Mestrado em Biotecnologia dos Recursos Marinhos
Aparece nas colecções:Mestrado em Biotecnologia dos Recursos Marinhos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Msc_Ine_s_Mora_o_2018_FINAL_thesis_etapa 1.pdf1,41 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.