Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.8/2951
Título: Relato integrado no sector das águas minerais naturais em Portugal: relação ODS, métricas e estrutura
Autor: Lopes, Sandra Maria dos Santos
Orientador: Eugénio, Teresa Cristina Pereira
Palavras-chave: Relato integrado
ODS
Estrutura
Métricas
Portugal
Data de Defesa: 14-Nov-2017
Resumo: Este estudo analisa a relação do Relato Integrado (RI) com a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a utilização de métricas e a estrutura de apresentação do RI, no sector de produtos alimentares e bebidas na categoria das Águas. Os objetivos deste estudo são: ensaio 1: perceber de que forma, (em particular no setor de produtos alimentares e bebidas), é que o RI contribuiu para o desenvolvimento e implementação dos ODS; perceber se as organizações da amostra apresentam ou não métricas para os indicadores no RI; e se existe um modelo padrão na estrutura de apresentação do RI; ensaio 2: analisar a perspectiva da Água do Fastio, perante a implementação do RI. A metodologia utilizada foi, ensaio 1: o estudo de investigação qualitativa, através do método documental, investigação interpretativa e benchmarking, Onde foram analisados sete relatórios de cinco instituições Europeias, do Sector de Produtos Alimentares e Bebidas; (Nestlé – Suíça, Danone – França, Coca-Cola – Península Ibérica, Heineken – Países Baixos – Holanda, Delta Cafés – Portugal, Central Cervejas – Portugal, Unicer – Portugal). Os relatórios foram recolhidos através da base de dados Global Reporting: http://database.globalreporting.org/search/ de 2017. A escolha pelo sector de produtos alimentares e bebidas deve-se ao facto, de ser uma área com reduzida investigação e disponibilização de informação e ser um sector em crescimento pela entrada de novos conceitos e produtos, como e.g., “bio” “free from”, “saúde” e “bem-estar”. A categoria das águas, por interesse pessoal, profissional, e por ser uma tendência de consumo crescente, não só em Portugal mas a nível mundial, dados revelados pela Globaldate (Canadean) 2016. A escolha, por empresas europeias deve-se ao facto, de serem empresas com maior probabilidade de transações comerciais e distribuição, na vertente burocrática e custos. A seleção das empresas para o estudo, não foi aleatória, sendo que, todas são do mesmo sector, e no caso da Nestlé, Danone, Coca-Cola e Heineken, com notoriedade e distribuição a nível global. São organizações que trabalham a categoria das águas, Nestlé uma das marcas é a “Aquarel”, a Danone uma das marcas é a “Font Vella”, e a Coca-Cola uma das que comercializa é a “AquaBona”. Ambas presentes à rede de distribuição nacional e.g. El Corte Inglês. No caso do grupo cervejeiro Heineken, a escolha deve-se ao facto, de fazer parte da Sociedade Central de Cervejas, que comercializa a nível nacional a marca líder do mercado na categoria das águas minerais naturais a nível nacional a marca “Luso”, segundo os dados da APIAM, 2016. A Unicer, por ter a marca a Vitalis, na categoria das águas, que segundo os dados da APIAM, 2016, está na segunda posição do mercado, e a Delta Cafés, por comercializar a marca Vimeiro, que se distingue das referidas anteriormente pelo seu posicionamento, preço e caraterísticas. Foi ainda investigado o Case Study, ensaio 2: pelo método de estudo exploratório, com investigação empírica, que combinou o uso de entrevista semiestruturada e aberta com a análise documental. Case Study Água Mineral Natural “FASTIO” Serra do Gerês – Norte de Portugal, a maior marca do mercado em inovação, na categoria de água mineral natural e a terceira do mercado, segundo APIAM, 2016. Resultados: Foi percebido pelos resultados do ensaio 1 que os RI contribuem para o desenvolvimento / execução e implementação dos ODS, que as empresas da amostra apresentam métricas para os indicadores no RI e que não existe um modelo padrão na estrutura de apresentação do RI. No ensaio 2: foi claramente entendida a perspetiva da AF, referente à não implementação do RI. Principais contributos: Até onde foi possível verificar, não existe nenhum estudo sobre o RI no sector Produtos Alimentares na categoria das Águas Minerais Naturais em Portugal. Também não foi possível encontrar nenhum estudo sobre a relação ODS, Estrutura e Métrica em pesquisa e analise destas três variáveis em simultâneo. Destacamos então como principal contributo desta dissertação a sistematização de conteúdos teóricos sobre o sector de Produtos Alimentares, na categoria das águas, os RI se contribuem para o desenvolvimentos dos ODS, tendo em conta os seus recursos limitados e as diferenças existentes entre os relatórios da amostra. Durante esta dissertação foi possível detetar as diferenças entre as métricas e estruturas apresentadas. Foi possível utilizar o benckamarking, com a utilização do relatório Nestlé, premiado como um dos sete melhores pela CRRA’17 – CR Reporting Awards’ 17 (registo corporativo dos relatórios premiados em 2017), os únicos prémios globais, do Global CR. Distinguidos como os melhores relatórios da Global CR - Corporate Register (registo corporativo). Limitações e recomendações: A maior limitação desta dissertação prende-se com o problema de escassez de informação no sector dos produtos alimentares em particular no sector das águas, e na análise dos resultados, a questão anteriormente identificada e referida. Este tipo de abordagem tem também as suas limitações, pois apesar de conseguir ter dados fidedignos os relatórios foram analisados por um único investigador. Conjugando estas abordagens, poderá ser possível realizar uma pesquisa que não tenha as limitações descritas. Obtendo as métricas por pesquisa documental dos dados de um motor de busca e posteriormente realizar um questionário aos gestores dessas organizações sobre as ações estratégicas usadas, será possível realizar um estudo que elimine as principais limitações deste tipo de pesquisa. Seria também pertinente a realização de mais estudos sobre diferentes sectores, mas com relatórios com as mesmas diretrizes e o mesmo ano de publicação. Por fim seria interessante que se pesquisasse que fatores de performance influenciam os RI.
URI: http://hdl.handle.net/10400.8/2951
Designação: Mestrado em Gestão
Aparece nas colecções:Mestrado em Gestão

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2151429_SL_29_9_17.pdf3,01 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.