Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.8/2567
Título: Logística na Americana S.A
Autor: Ferreira, Gonçalo José Rodrigues
Orientador: Carreira, Pedro Manuel Rodrigues
Palavras-chave: Logística
Gestão de armazém
Gestão de stocks
Picking
Data de Defesa: 4-Mai-2017
Resumo: O presente estágio curricular foi realizado no âmbito da UC de Estágio do 2º ano do Mestrado em Gestão da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria, e decorreu na empresa Americana S.A., com sede no Telheiro – Leiria e cuja principal atividade é a venda de artigos de papelaria e material diverso da mesma natureza. O objetivo deste relatório consiste fundamentalmente em pôr em prática os conceitos estudados nas unidades curriculares do mestrado na área da logística e gestão de operações para ajudar a Americana a melhorar alguns dos seus processos logísticos, bem como aprender novos conceitos que resultam da aprendizagem prática e do contacto direto com a realidade de uma empresa com a dimensão da Americana, permitindo assim uma continuação da obtenção de formação na área da logística. Nesse sentido, será indicado um desafio logístico que a empresa enfrenta atualmente, nomeadamente na gestão de armazém e na reposição do Auto-Serviço, e desenvolver-se-á um modelo (Modelo ORAS), em conjunto com o departamento de informática, para dar resposta ao mesmo. O modelo desenvolvido compreenderá um stock de segurança definido por dois indicadores de gestão de stocks (o stock máximo – MaxAS e o stock mínimo – MinAS) que ajudará o utilizador a decidir as quantidades a repor e quando as repõe. Por outro lado, o modelo desenvolvido também recomenda a mudança do método de picking (do order picking tradicional para o zone picking). Os principais benefícios do modelo são a nível dos processos de trabalho em que, apesar de não mudar o ERP, se alterará a forma como os usuários o utilizam, dado que, a lista de produtos a repor irá ser criada automaticamente. Por outro lado, a mudança do método de picking irá implicar numa reestruturação integral na organização da força humana, uma vez que, em vez de um picker trabalhar uma encomenda de cada vez (na sua totalidade), existirão zonas fixas de picking em que cada encomenda é trabalhada por mais do que uma pessoa em cada uma dessa zonas, o que implicará alterações no posto de trabalho de alguns colaboradores ou criação/extinção de alguns postos de trabalho.
URI: http://hdl.handle.net/10400.8/2567
Designação: Mestrado em Gestão
Aparece nas colecções:Mestrado em Gestão

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Estágio - MGE - Gonçalo Ferreira.pdf1,89 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.