Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.8/164
Title: Gestão e liderança nas escolas públicas portuguesas : da revolução à globalização
Authors: Silva, José Manuel
Keywords: Liderença
Ensino
Portugal
Issue Date: Apr-2007
Citation: SILVA, José Manuel (2007) - Gestão e liderança nas escolas públicas portuguesas: da revolução à globalização. In: ACTAS do IV Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação & III Congresso Nacional do Fórum Português de Administração Educacional.
Abstract: Os conceitos líder e liderança são de uso relativamente recente em Portugal no âmbito educacional; inicialmente mais utilizados nos contextos político e empresarial, só muito timidamente vão entrando no léxico pedagógico. A cultura escolar portuguesa, ao nível da administração escolar, é sobretudo marcada por conceitos mais formais e hierárquicos, como reitor ou director, órgãos unipessoais normalmente resultantes de nomeação estatal e, no pós Revolução dos Cravos (1974), por conselhos directivos/executivos, órgãos colegiais, emergentes de escolhas entre pares. Para este facto muito concorre o peso do sector público na oferta educativa, conforme dispõe a Constituição da República Portuguesa (1997), artigo 75, nº. 1, “O Estado criará uma rede de estabelecimentos públicos de ensino que cubra as necessidades de toda a população” e a Lei de Bases do Sistema Educativo (1986), no seu artigo 45º., nº. 4, define "a direcção de cada estabelecimento ou grupo de estabelecimentos dos ensinos básico e secundário é assegurada por órgãos próprios, para os quais são democraticamente eleitos os representantes dos professores, alunos e pessoal não docente (…)". Quanto ao ensino particular e cooperativo, a direcção das escolas é exercida por pessoas de confiança das respectivas entidades proprietárias, embora tendo de possuir determinadas qualificações pedagógicas definidas por lei, e é corrente que o dirigente de topo seja designado por director. Qualquer que seja o caso, público ou privado, o exercício da administração e gestão das escolas associa-se predominantemente ao conceito clássico de chefia, fundamento da hierarquia directiva ainda hoje mais corrente nas organizações públicas portuguesas e em boa parte das privadas, embora sejam já claros os sinais da inevitabilidade de uma reformulação conceptual e da adopção de novas práticas, inspiradas no conceito de liderança escolar.
Description: Comunicação apresentada no IV Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação, Lisboa, 2007
URI: http://hdl.handle.net/10400.8/164
Appears in Collections:Comunicações em conferências e congressos internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gestão e liderança nas escolas públicas.pdf115,56 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.